Casa do Agricultor

Último episódio

Mão na Terra - Como produzir piri-piri

A Missão da Escola do Agricultor

Contribuir para que a agricultura de subsistência seja economicamente viável e tornar o pequeno e médio produtor mais capacitado e o grande produtor actualizado com vista no desenvolvimento sustentável de Moçambique.

A acção de Responsabilidade Social que promove a adesão das entidades Moçambicanas por um país agrário, pela formação, pela sustentabilidade, por assumir a sua vocação natural como meio de desenvolvimento económico e social.

Em Moçambique, a agricultura é constituída por explorações de subsistência com menos do que 5 ha; representando 99% das unidades agrícolas e ocupa mais de 95% da área cultivada do país. Emprega 90% da força laboral feminina do país e 70% da força laboral masculina. Isto significa que 80% da população activa do país está empregue no sector agrário. Fonte: Ministério da Agricultura.

Com infra-estructura fraca, baixos níveis de produção, uso de métodos tradicionais, sementes de baixo rendimento e falta de insumos, assistência técnica, e de acesso aos mercados, o sector, que é de importância estratégica, apresenta uma necessidade de transformação, de modernização, proporcionando a inclusão social, a competitividade e o desenvolvimento.

A Casa do Agricultor do grupo TECAP e a Panavídeo MZ, compreendendo a realidade e os meios que acreditam eficazes para contribuir para essa transformação, uniram-se para a criação e a implementação de um Programa de Formação acessível a todos os moçambicanos, em todo o território nacional, através de Eventos de Formação e de uma plataforma multimédia com Programa de TV, Rádio, Digital, Revistas que ofereça conteúdos para a transmissão de conhecimento e os meios para o acesso aos insumos e ingresso ao mercado.

Mais episódios

Formação Escola do Agricultor em Chimoio e Tete

Produção de gado de carne

Produção de Arroz

ABC Adubar um Campo de Vegetação

Assista a mais episódios no nosso canal do